Ouca Radio Ativa FM

O PORTAL DAS NOTÍCIAS DE BARRA D'ALCÂNTARA E REGIÃO

O PORTAL DAS NOTÍCIAS DE BARRA D'ALCÂNTARA E REGIÃO
E-MAIL 2: nicolas99878303@gmail.com

quarta-feira, 23 de agosto de 2017

Brasil registra oito casos de feminicídio por dia, diz Ministério Público

Foto: (Divulgação/Polícia Civil)Brasil registrou ao menos oito casos de feminicídio por dia entre março de 2016 e março de 2estad017, segundo dados dos Ministérios Públicos estaduais. No total, foram 2925 casos no país, aumento de 8,8% em relação ao ano anterior.
 no estado de São Paulo, 974 investigações sobre feminicídio foram abertas no período. No 1º semestre deste ano, 93 mulheres foram mortas pelos companheiros no estado, um terço do total de mulheres assassinadas.
Nos últimos dois dias, quatro mulheres foram assassinadas por seus maridos na capital paulista. O feminicídio considera o assassinato a etapa final de uma série de abusos.
“O feminicídio é resultado de muitos anos de violência doméstica, que vai das menos graves escalando casos mais graves. Então agressões físicas, violência psicológica, ameaças”, disse Maria Laura Canineu, diretora do Human Rights Watch/Brasil.
O criminoso que se sente dono da mulher, normalmente, dá como desculpa ciúmes, traição, dificuldades com a separação, disputa pela guarda do filho, como o caso em que o homem estrangulou a namorada e afogou o filho de sete meses.
“Diante aí do cenário eu considero sim que foi um femicídio”, disse Ana Paula Rodrigues, delegada do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).
Feminicídio é o assassinato de uma mulher pelo fato de ela ser mulher. A Lei brasileira incorporou esse tipo de crime em 2015. Muitos casos ainda são registrados apenas como homicídios, mas especialistas dizem que apesar de o boletim de ocorrência registrar como homicídio, podem ser considerados feminicídios.
“Nós temos uma legislação muito boa. Uma lei muito boa, muito bem feita, é preciso que ela seja cumprida. Esse tipo de crime não pode merecer por parte das autoridades qualquer tipo de condescendência, qualquer tipo de atenuação, é preciso rigor na aplicação da lei, porque os números são alarmantes”, disse Felipe Zilberman, promotor de Justiça.
Feminicídio no Brasil

Piauí tem a maior taxa de subutilização de mão de obra do Brasil; diz IBGE

Foto: (Reproducao/TV CLube)Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) presentes na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua) correspondentes ao segundo trimestre de 2017 mostram que o Piauí tem a maio taxa de subutilização de mão de obra entre os estados. A mesma pesquisa mostra que o Piauí tem a maior taxa de desocupação desde que a pesquisa foi criada em 2012.
Segundo a PNAD Contínua a taxa composta de subutilização da força de trabalho no Piauí ficou em 38,6% no período composto pelos meses de Abril, Maio e Junho. “A taxa de subutilização da mão de obra é mais um indicador sobre o trabalho das pessoas considerando as pessoas desempregadas e pessoas que estão ocupadas, mas tem tempo para dar de horas de trabalho”, explicou o Supervisor de Documentação e Disseminação de Informações, Eyder Silva.
A taxa leva em consideração também a força de trabalho potencial da região, que são pessoas que estão sem emprego, mas não estão procurando trabalho. “Há as pessoas que tem disponibilidade de trabalhar 40 horas, mas só estão trabalhando 20 horas porque só aparece aquilo e há pessoas que tem disponibilidade, mas não foram buscar emprego”, diz referindo-se à subutilização de mão de hora por horas trabalhadas.
Atrás do Piauí, estão Bahia (37,9%) e Maranhão (37,7%) como as unidades da federação que apresentam as maiores taxas compostas de subutilização da força de trabalho. A taxa de subutilização é analisada nos últimos 3 trimestres e tem apontado um aumento no Piauí. “É complementar com o aumento da taxa de desocupação. Há dificuldades de criar oportunidades de trabalho para as pessoas. Estas taxas mostram os problemas para a geração de empregos”, finalizou.

Três ônibus e uma caminhonete são incendiados em menos de 6 horas em Teresina

Três ônibus de propriedade particular e uma caminhonete foram incendiados durante a noite dessa segunda-feira (21) em zonas distintas de Teresina. De acordo com o Corpo de Bombeiros, as causas ainda não foram definidas nem foram identificados suspeitos, mas a coeporação alerta os moradores que deixam automóveis estacionados na rua para redobrarem a atenção.
De acordo com o major José Veloso, chefe da engenharia dos Bombeiros, houve um chamado por volta das 22h para um incêndio de ônibus no bairro planalto Uruguai, zona Leste, e em seguida outras ocorrências tomaram a atenção dos bombeiros de plantão.
"Após conter o fogo no Planalto Uruguai nos dirigimos à Curva São Paulo às 22h50, onde o fogo já estava bem adiantado. Depois fomos informados de outro incêndio na Vila Maria, região do Satélite na zona Leste. Nesses dois últimos casos, os ônibus já estavam mais de 50% incendiados", contou o major Veloso.Além dos ônibus, uma caminhonete que estava estacionada no bairro Piçarra, zona Sul da capital, também foi incendiada e o dono não soube informar quais seriam os motivos. O caso aconteceu por volta das 4h da madrugada.
"Há a possibilidade de ter sido ação humana. Alertamos que as pessoas que deixam veículos em via pública estejam atentos a qualquer ação estranha", disse o major.
Sem se identificar, moradores informaram que um grupo de pessoas em um carro prata podem ser os autores dos incêndios dos veículos afetados na noite de segunda-feira. A Polícia Civil vai iniciar as investigações a partir da denúncia dos proprietários que registraram boletim de ocorrência na manhã desta terça-feira (22).

Pneu saca de carreta na BR-343, mata motociclista e deixa um ferido em Teresina

Um motociclista morreu e uma pessoa ficou ferida durante um acidente envolvendo uma moto e um caminhão na BR-343, em Teresina. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), as vítimas trafegavam pela rodovia por volta das 20h dessa terça-feira (22), quando foram atingidas por um pneu, que sacou de uma carreta.
"A colisão com o objeto em movimento, no caso o pneu, aconteceu próximo a um condomínio de luxo na saída de Teresina. O motorista do caminhão, com placa de Fortaleza, foi quem acionou o socorro e aguardou no local até a chegada da PRF", informou um agente do posto da BR-343.
Ainda conforme o agente, o motociclista chegou a ser socorrido e encaminhado ao Hospital de Urgência de Teresina (HUT), mas não resistiu e morreu na unidade de saúde. Já o motorista do caminhão se apresentou no posto da Polícia Rodoviária Federal para prestar esclarecimento e foi liberado em seguida.

Polícia prende suspeitos de matar travesti no Piauí e diz que crime tem motivação homofóbica

Dois suspeitos de matar a travesti Aurinete Aldenir de Sousa foram presos nessa terça-feira (22) em Minas Gerais e Patos do Piauí, Sul do estado. A vítima foi morta com uma facada no pescoço em julho e antes de morrer revelou o nome do seu assassino. Segundo a polícia, foi um crime de homofobia.
"Tudo indica que foi em razão da vítima ser travesti. Os dois suspeitos já tinham sido ouvidos pela polícia dias depois do crime, mas foram liberados na época porque não tínhamos elementos para prisão em flagrante e mandado de prisão judicial ainda", revelou o delegado Miguel Carneiro, titular da 13º Delegacia Regional de Jaicós.
A travesti foi morta em uma estrada vicinal que dá acesso à localidade Morro da Onça. No trajeto para o hospital a vítima revelou o nome da pessoa que teria participado do crime. A polícia descobriu ainda que pouco tempo antes de ser morta, aa vítima foi vista na garupa de uma motocicleta com uma amiga.
Segundo o delegado, o suspeito apontado como autor da facada tem 20 anos e fugiu para a cidade de Passos, em Minas Gerais, desobedecendo à ordem policial de permanecer no Piauí. Ele foi preso após investigação da Polícia Civil de Jaicós em intercâmbio com a Delegacia de Homicídios mineira.
"O suspeito preso no interior de Patos do Piauí foi quem levou a vítima até o local do crime e ajudou a segurar a Aurinete, no momento em que recebia a facada. Um terceiro envolvido no homicídio também já está com prisão preventiva decretada, encontra-se foragido, mas logo também será capturado", acrescentou.
Os dois suspeitos estão presos nos presídios de Picos e Minas Gerais, sendo que este último será recambiado para o Piauí em breve.

OAB e MP apuram denúncia de tortura contra adolescentes em unidade socioeducativa do Piauí

Foto: (Divulgação/Corpo de Bombeiros)A Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Piauí, o Ministério Público e outras entidades estão apurando uma denúncia de tortura contra adolescentes no Centro Educacional Masculino (CEM) em Teresina. A Secretaria de Assistência Social e Cidadania (Sasc) informou ao G1 que toda a situação está sendo acompanhada e que as responsabilidades serão apuradas.
Na última sexta-feira (18), devido a um princípio de motim na unidade, a tropa de choque da Polícia Militar precisou intervir e dois internos ficaram feridos, segundo a Ordem. A Sasc informou que o motim teve início porque vistorias que estavam suspensas na unidade, devido à precariedade na segurança, foram retomadas na sexta-feira.
Tanto a Secretaria quanto a Ordem relatam que foi enorme a quantidade de material apreendido na vistoria. Foram cerca de 100 televisores, incluindo TVs de led, video-games, aparelhos de DVD e celulares. Todo o material é proibido no local. Conforme a Sasc informou, foram apreendidas ainda barras de ferro serradas das grades da unidade. Em um dos alojamentos, um princípio de fuga foi abortado durante a fiscalização.Lina Brandão, presidente da Comissão de Direito Penitenciário (CDP) da OAB-PI, disse que na ação dois adolescentes tiveram ferimentos graves, como cortes na cabeça, e passaram por exame de corpo de delito. Imagens divulgadas pela Ordem mostram os jovens com ferimentos suturados.
De acordo com a advogada, no CEM há 149 internos e a capacidade é para apenas 65 adolescentes. Ela informou que o Ministério Público já possui três ações movidas contra o Governo do Estado e a Secretaria devido aos problemas do Centro.
“Nós fizemos uma nova vistoria ontem [nessa terça-feira, 22] e conversamos com os adolescentes, verificamos a situação. Fizemos ainda uma reunião e decidimos que vamos aguardar o andamento dessas três ações do Ministério Público. Quanto ao fato recente, vamos solicitar apuração da autoria desses maus-tratos aos adolescentes, se foram os PMs ou os educadores”, explicou.A Sasc declarou que vem tentando mudar a realidade no Centro desde março, quando houve mudança na gestão da unidade. As vistorias não estavam acontecendo por não haver condições próprias de segurança para os socioeducadores e, agora, elas serão feitas periodicamente com acompanhamento da tropa de choque da PM.
Quanto aos adolescentes feridos, a Sasc informou que foram lesionados ao reagir à realização das vistorias, receberam atendimento médico e estão sendo acompanhados. Há ainda uma reforma acontecendo no Centro, que já teve sua primeira etapa concluída, ampliando a oferta de alojamentos aos reeducandos.
Além da OAB, participam da apuração o Ministério Público do Piauí, Defensoria Pública, Comitê de Prevenção e Combate à Tortura do Piauí, Associação dos Advogados Criminalistas e Conselho Estadual Psicologia.

Picos: PRF-PI aborta roubo de carga na BR-316, mas suspeitos escapam

Imagem: Divulgação/PRF-PI
A Polícia Rodoviária federal abortou um roubo de carga que estava em andamento na BR-316, km 319, no município de Picos, na noite desta terça-feira (22).
Os policiais realizavam patrulhamento no trecho quando viram uma carreta parada e foram abordá-la. Neste momento, os suspeitos, ao verem a aproximação dos policiais, empreenderam fuga para o matagal. O condutor foi libertado. Os policiais fizeram buscas no local, porém não conseguiram capturar os assaltantes.
O condutor do veículo declarou que ao parar sua carreta no acostamento da rodovia na cidade de Campo Grande do Piauí, três homens armados com revólver o renderam e adentraram na cabine do veículo. O trio amordaçou a vítima, amarrando suas mãos e cobrindo sua cabeça de maneira que não conseguiu identificá-los. Os indivíduos seguiram viagem e, em determinado momento, o rastreador travou o veículo, impossibilitando que o mesmo continuasse o deslocamento. A todo momento, o condutor foi ameaçado até que os assaltantes conseguiram extrair o rastreador do veículo. Com a chegada dos policiais, os suspeitos fugiram e a vítima foi libertada.
O condutor transportava carga de pneus novos. Segundo o condutor, os assaltantes só iriam libertá-lo caso conseguissem roubar toda a carga. Bastante nervosos e ameaçando matar o condutor a todo momento, os indivíduos procuravam um lugar para subtrair a carga.
Fonte: Com informações do Nucom da PRF-PI

Fiquei chateada, mas isso não me fere', afirma Monalysa no 'Encontro'

A piauiense Monalysa Alcântara, Miss Brasil 2017, participou nesta segunda-feira (23/08) do programa Encontro com Fátima Bernardes. Aos 18 anos, ela é a terceira negra a vencer o concurso nacional, e desde que foi coroada, vem sendo alvo de comentários preconceituosos, não só pela cor da pele, mas por ser do Piauí e, acredite, por não dominar o inglês.
À apresentadora do programa, Monalysa disse que sempre buscou a vitória no concurso, para representar não só as negras, mas todas as mulheres em geral. "Encontrei no mundo miss, uma forma de me ajudar a dar voz a essa mulheres", disse.
Hoje exaltada pela beleza, a jovem conta que nem sempre se achou bonita, e as pessoas ao seu redor tentavam lhe convencer de que não era negra. "Falava que eu era parda, moreninha", conta, confessando que chegou a acreditar que de fato isso era verdade. Influenciada pelos comentários, alisou por muito tempo o cabelo.

Operação apreende mais de 100 kg de drogas na Rodoviária de Teresina

Foto: Secretaria de Segurança do PI
Na manhã desta quarta-feira (23/08) foram apreendidos mais de 100 kg de drogas no Terminal Rodoviário Lucídio Portela, na zona Sul de Teresina.
A ação foi coordenada pela Polícia Civil do Piauí através da Delegacia de Prevenção e Repressão a Entorpecentes (DEPRE) e do Núcleo de Inteligência da Secretaria de Segurança. O secretário de Segurança, Fábio Abreu, também participou da operação.
A droga foi apreendida dentro de um ônibus e uma mulher foi detida, suspeita de estar transportando o entorpecente.
A droga teria como destino a cidade de Fortaleza (CE) e estava dividida em tabletes. Segundo a polícia, o entorpecente teria sido comprado no Paraguai.
Fonte: Com informações da SSP-PI
Peça seu CPF na Nota e concorra a prêmios em dinheiro. Curta a página da Nota Piauiense e saiba mais!

Em áudios, presos desafiam agentes penitenciários em novo tumulto na Custódia

Após dois dias de um motim na Casa Custódia, mais um tumulto foi registrado na noite desta terça-feira (22). Presos do pavilhão B entraram em confronto com agentes penitenciários, o que causou desespero em familiares que aguardavam do lado de fora do presídio, de onde era possível ouvir barulho de tiros. Áudios enviados por detentos revelam os momentos de tensão e mostram presos desafiando agentes. 
"É de borracha... pode atirar, bando de vacilo... Isso aí não mata, não... bota o colchão na grade, doido... olha a prevenção da polícia aí, ó... pode atirar, maldito", mostram os áudios enviados por detentos de dentro da Custódia.
A tensão também teve reflexo na área externa do presídio. Sem saber a dimensão do tumulto, familiares aguardavam ansiosamente por informações dos internos.
"Meu marido está aí. Não sei como ele está... eles não dão notícias. Não falam se ele está bem, se está machucado", disse em prantos, a esposa de um detentos.
Membros da Comissão dos Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Piauí, compareceram ao presídio para acompanhar a situação e ouvir as reivindicações dos presos.
Para o Sindicato dos Agentes Penitenciários do Piauí (Sinpoljuspi), o princípio de motim teria sido motivado pela superlotação. A capacidade no pavilhão B é para 80 internos, mas o local abriga 277. 
Policiais da Rone e da Companhia Independente do Promorar foram acionados para reforçar a segurança. Contudo, a situação foi rapidamente normalizada.
"Eles se aglomeraram, começaram a bater nas grades, mas o efetivo da Polícia Militar entrou imediatamente e controlou a situação", declarou
Carlos Edilson Sousa, subsecretário de Justiça do Piauí. 
José Roberto, presidente do Sinpoljuspi, alerta para a necessidade da implementação de medidas urgentes. 
"A Custódia é uma bomba relógio que pode estourar a qualquer momento. Os agentes correm risco de vida diariamente", alerta o presidente do Sindicato.
 No motim realizado no domingo(20) em quatro pavilhões, pelo menos 13 presos ficaram feridos. Na madrugada de terça-feira(22), três ônibus e uma caminhonete foram incendiadas em Teresina em locais diferentes, os crimes mobilizaram a polícia, que investiga se a ordem dos ataques partiram de dentro do presídio. 

Policiamento na Custódia é reforçado
O secretário de Justiça do Piauí (Sejus), Daniel Oliveira, reconhece que o motim, no fim de semana, elevou o estado de tensão nos presídios do Estado. 
"Emitimos orientações para todos os gerentes e diretores de presídios no Piauí e nosso objetivo é gradativamente retomar a situação de normalidade. Os detentos estão fazendo uma espécie de teste, mas estamos mostrando força. Quem está no controle é o estado", disse Oliveira. 
Em entrevista ao Notícia da Manhã, o secretário também comentou sobre incêndios criminosos a veículos em Teresina que teriam sido comandados por detentos da Casa de Custódia. 
"A Polícia Civil tem dois inquéritos abertos: um sobre o motim; outro sobre os incêndios. Não podemos descartar e nem confirmar a conexão entre os dois eventos. O que podemos afirmar é que reforçamos a política de integração e o policiamento em 20% na Custódia, bem como fizemos transferências de presos", finaliza Daniel Oliveira.